Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

USkP nos media

21 de Dezembro de 2016 - Desenhar o Mundo – Olhar em volta: O desenho como registo


No âmbito da iniciativa (a)Riscar o Património, encontro nacional de desenho de património que se realiza todos os anos integrado nas Jornadas Europeias do Património, decorreu no dia 23 de Setembro de 2016, no Museu Nacional de Etnologia, em Lisboa, o Encontro «Desenhar o Mundo – Olhar em volta: O desenho como registo»,
uma organização DDCI-DGPC.






8 de Dezembro de 2016 - Exposição "Porto de Abrigo" de António Procópio


"António Procópio descobriu há 3 anos através dos Urban Sketchers Portugal, o gosto pelo desenho. Os seus temas preferidos passam pelos barcos e pelas casas antigas.
Enquanto pinta, gosta de imaginar as histórias que cada tema pode contar. Gosta de pegar no papel e sair pelo mundo."



16 de Outubro de 2016 - Entrevista da RTP aos USkP em Elvas


 No website da RTP (ao minuto 17:47)
"Do traço nasce a imagem, um ponto de vista. É este gosto pelo desenho que junta em grupo os Urban Sketchers e os traz para a rua. Desta vez espalham-se pelo Forte da Graça, um espaço inspirador."







16 de Outubro de 2016 - Entrevista da SIC aos USkP em Elvas


O Forte da Graça, em Elvas, é palco este fim de semana de um encontro de Urban Sketchers. São desenhadores de todo o país apostados em registar o património histórico classificado pela UNESCO.







31 de Maio de 2016 - Entrevista a José Louro


"O desenho pode extravasar a sua componente artística,  e servir com uma espécie de mediador entre nós e aquilo que nos rodeia. Ao olharmos atentamente, e sistemáticamente, para a realidade exterior, enriquecemos a nossa memória, desenvolvemos a nossa cultura visual assim como capacidades de expressão criativas e inventivas, afastadas de estereótipos e, sobretudo, formas de olhar as coisas para lá das suas aparências superficiais."












15 de Abril de 2016 - Dia do Desenhador


No Diário de Notícias
"Esta mão-cheia de gente junta-se hoje nestas páginas porque é Dia do Desenhador (faz 564 anos que nasceu Leonardo da Vinci). Mas eles encontram-se normalmente aos molhinhos no meio da rua, de caderno na mão, sobre os joelhos, fazem das cidades sofá, mesa, tela. São os Urban Sketchers.
Respondem ao repto com entusiasmo. Para acompanhar a torrente com que falam, seria de ler este texto depressa. Ou não. Ou determo-nos em cada história como eles se detêm nos pormenores com que constroem os desenhos que lhes preenchem dezenas de cadernos, de diários gráficos."



Novembro de 2012 - "Desenhar Lisboa em português e alemão"


No Fugas, suplemento do Público
Andam pela cidade com um caderno de folhas brancas na mala e uma caneta na mão. São urban sketchers e, como o nome desvenda, captam o melhor de cada cidade, em momentos pausados, durante um passeio ou até mesmo em passo apressado, a caminho do trabalho.





Julho de 2011 - Simpósio de Urban Sketching

No P2, suplemento do Público

"O Chiado já os conhece. De vez em quando, no coração histórico da cidade, distinguimos pequenos agregados de pessoas que se sentam no chão, nos passeios ou noutros sítios mais improvisados a desenhar em cadernos. [...] Estas presenças devem-se ao II Simpósio Internacional de Urban Sketching, que começou anteontem."













Janeiro de 2012 - Desenhos do Festival LER


"Minutos antes da hora marcada para o encontro [...] já alguns membros dos Urban Sketchers desenhavam, de caderno na mão - fora, na Avenida da Liberdade, ou dentro, no Cinema São Jorge -, pormenores e ambientes do Festival LER 25 anos. O convite fora feito a Eduardo Salavisa, nome obrigatório quando falamos de diários gráficos[...]. Convite aceite, o encontro na sala Montepio demorou pouco tempo [...] estavam ali, afinal, para desenhar. E foi isso que fizeram os autores destas páginas (e ainda outros) durante seis dias. O resultado é um verdadeiro privilégio para a LER."



Dezembro de 2010 - Sete Colinas, Sete Desenhadores

Na revista Time Out
"É Agosto, está calor, e, mesmo numa folha de caderno, isso percebe-se. 'As páginas de um diário de viagem fazem-se tanto de tinta negra como do barulho dos eléctricos, do cheiro a maresia ou do sabor do petisco numa tasca de esquina" - Richard Câmara









Março de 2010 - Lisboa em meia dúzia de traços

Em Cidades, suplemento do Público
"Desenham o mundo em cadernos, que são baús de experiências, partilhados online. Encontram-se de vez em quando na capital e esboçam o que nela há de particular. São os Urban Sketchers, agora no cimo do Elevador de Santa Justa."








Janeiro de 2009 - "Coisas da vida" por Laurinda Alves


No P2, suplemento do Público
"[...] tudo nos revela um mundo fascinante, quase novo. E é esta novidade que já não se espera neste mundo mais que visto e revisto, diariamente dissecado, observado e ampliado, [...] é esta absoluta novidade no olhar que impressiona, seduz e vicia."

Sem comentários: