Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Desenhar por Desenhar em Belém

Hoje à tarde no "Desenhar por Desenhar" na Estação Fluvial de Belém.




6 comentários:

Maria Leonor Janeiro disse...

Tu és uma maquina! Gosto.
Leonor Janeiro

hfm disse...

Gosto mesmo e há uma grande coerência entre os vários desenhos e eu adora o preto e branco.

Rodrigo Briote disse...

Fizeste o primeiro quase com o pé no Tejo

teresa ruivo disse...

És uma máquina e nos últimos tempos tás com um débito assustador! Parabéns mesmo!

Marcelo de Deus disse...

Não há muitas coisas que me agradem tanto como estes desenhos. E estou cada vez mais adepto deste formato de cadernos.

Pedro Alves disse...

Gosto tanto deste tipo de desenhos rápidos! Estão muito bons!