Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

REGRESSO DAS ARÁBIAS


Fui passar o Natal e o fim de ano a um país onde não se celebra nenhum destes eventos. Diz o ditado que o Natal é quando o homem quiser; pois eu acrescento que o Natal é "onde" o homem quiser e neste caso, junto à família. Durante esta minha visita resolvi fazer um registo diário em dupla página do que ali vivenciei. Ficam aqui as duas últimas duplas páginas.

9 comentários:

Eduardo Salavisa disse...

Bem vindo Vicente. tenho te acompanhado pelo insta. Belíssimos desenhos de viagem.

Urban Sketchers Portugal disse...

Belas páginas Vicente!

Pedro Loureiro disse...

Grande reportagem! Bom ano Vicente!

Rosário disse...

Tenho visto Vicente e gostei muito! Ao ritmo do teu dia a dia "um desenho de cada vez"!

hfm disse...

Tenho seguido os teus desenhos e a reportagem está excelente. Gostaria de ver esse caderno ao vivo.

Ana Crispim disse...

uma reliquia esse teu caderno!!

Isa Silva disse...

deve ter sido uma experiência fantástica :-)
E ficou um belo conjunto de desenhos para testemunhar.

nelson paciencia disse...

Também tenho acompanhado e com enorme atenção. Belos desenhos, e bom ano!

L.Frasco disse...

Bem vindo de volta, Vicente. E um excelente 2018!!
E obrigado pela partilha (total) desta tua viagem. Tem sido uma delícia acompanhar.