Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Museu de Évora

O segundo trabalho, nesta viagem a Évora, encontro realizado no Museu de Évora.

Capitel e Mísula em pedra.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Museu de Évora

A convite dos Évora Sketchers, fomos no domingo ao encontro no Museu de Évora. Fomos muito bem recebidos por todos os membros, e apesar do frio que se fazia sentir, tudo correu bem.
Este foi o primeiro trabalho, para aquecer.



Ribeira de Matacães_o lado rural do concelho de Torres Vedras



MUSEU DE ÉVORA


31º Encontro USkP Açores | Desenhar com (VI) Igor França_01

O 31º encontro foi no convento dos Franciscanos, na Lagoa. Fomos acompanhados pelo arquiteto Igor França que, pelo seu elevado interesse pelo património, é sempre interessante e motivador (mais fotos aqui).

Também tivemos a presença de novos elementos, espero que voltem.

(Caneta caligráfica, grafite, aguarela e lápis de cor)                                                                                                                        «in situ»

A sala "do colaborador"

Sozinho, depois de almoçar.

Museu de Évora



Encontro dos Évora Sketchers no Museu onde fiquei "entalado" entre o Romantismo e o Naturalismo.

Desenhar o Mercado de Campo de Ourique

uma manhã muito bem passada no mercado e em boa companhia :)

Desenho em Cadernos na Expo

Depois do António Procópio e do João Catarino, em Fevereiro serei eu a orientar o curso de Urban Sketching da Academia de Pintura dos Parque das Nações. Todos os Sábados de Fevereiro, entre as 10:30 e as 13:00, eu irei dar um curso detalhado de desenho em cadernos, começando num nivel fácil e explorando técnicas mais exigentes nas ultimas sessões. Irei desvendar todos os truques e toda a teoria que uso diariamente nos meus desenhos. Fica o convite para todos, experientes neste mundo do desenho ou não, não faltem ;)

Inscrições e mais info aqui: https://carlosantosmarques.wixsite.com/academiaparquenacoes

Último dia. Sofia, Bulgária.



Último dia em Sofia com os novos bffs que quem sabe se tornarei a ver.

O quebra-cabeças dos reflexos do Oceanário

Este foi, até agora, o exercício mais difícil que o João Catarino nos deu (desta vez no último sábado):

Fazer um sketch a marcador (ou ecolines e poscas...) dos reflexos do Oceanário, começando pelos reflexos e terminando no dito Oceanário (sendo este a uma cor, ou traço, apenas).

Estivemos à beira de uma depressão ou de um ataques de nervos (pelo menos) e houve até quem desistisse... mas lá fomos fazendo!!

Foi genial!


Encontro no Mercado de Campo de Ourique




Este foi o último que fiz e que ficou inacabado, o fundo precisava de tempo para o terminar. Mas, melhor ou pior,  o mais importante foi a bela manhã que ali passámos seguida de almoço.

domingo, 21 de janeiro de 2018

Vamos desenhar com... os manos!

Serão todos bem-vindos a participar no próximo encontro 'Desenhar com...os manos (Tomás e Matilde Reis) que terá lugar no próximo Sábado, 27 de Janeiro, pelas 15h00, no Convento do Carmo em Lisboa.
Estes são alguns dos esboços previamente feitos no local.


Café com Calma, Marvila


MUSEU DE ÉVORA


56º Encontro dos ÉvoraSketchers no Museu de Évora

Frente ao Largo do Carmo_Jan18

Uma manhã no Museu do Carmo em Lisboa
Entre propostas dos USKP para a manhã de ontem,escolhi uma visita temática do Museu Arqueológico do Carmo,como podia ter preferido ir ao Mercado do Bairro de Campo de Ourique. Mas não o fiz porque outrora, já lá tinha estado.
Foi benéfico abrigar-me no interior do Monumento nesse dia gélido.
Gostei de escutar as memórias das viagens do Conde de São Januário pela América Central e do Sul.tema proposto em 20 Jan 18.
No Largo do Carmo, entretanto, apreciei a participação do público que se movimentava no local, enquanto que uma jovem cantava e tocava música com a sua viola, dando  certa animação ao ambiente de uma manhã fria.
.                       Aqui fica um registo do que se passou ontem.

Jogo da Bola

Se formos à Ericeira e perguntarmos pelo Largo da Princesa Dona Amélia poucos saberão onde fica. Poderemos tentar Praça da Republica e talvez tenhamos um pouco mais de sorte. Mas se perguntarmos pela Praça do Jogo da Bola toda gente sabe onde fica. Este é o nome mais antigo da praça central da Ericeira e conseguiu resistir às toponímias da Monarquia e da República. O nome provem de um antigo jogo em que se atirava uma bola pequena para tentar derrubar um conjunto de palitos dentro de um quadrado, uma mistura de petanca com chinquilho (o jogo da ferradura).
Hoje estava tudo calmo mas já assisti aqui a um concerto do António Zambujo em que me senti sardinha em lata.

Mercado de Campo de Ourique




Que belo dia de desenho, de partilha e de conversa. Venham mais.

Encontro em Matosinhos

O primeiro encontro do ano do PoSk foi em Matosinhos, convenientemente perto de casa para este sketcher em particular... O tempo cinzento e muito frio e húmido não era auspicioso, mas na verdade foi um dia muito bem passado!

Do café perto do ponto de encontro onde nos abrigámos do frio, para a envolvente da igreja do Bom Jesus de Matosinhos, de cujo interior não resisti a roubar um pedaço de esplendor barroco.

A bela fachada da dita igreja, com o risco de Nasoni.

O inevitável e agradável convívio almoçadeiro.

Da parte de tarde, visita à exposição "Motos de Portugal", na Casa do Design de Matosinhos. Com dezenas de belíssimos exemplares de várias épocas repartidos por diversas salas, apetecia desenhar tudo! Não chegando uma tarde para um décimo disso, deu para "juntar umas peças".

sábado, 20 de janeiro de 2018

Desenhar Campo de Ourique - Mercado


Fui ao mercado de Campo de Ourique.
Desenhar















A desenhar o Mercado de campo de Ourique
20 de Janeiro 2018






























As flores da D. Fernanda no mercado de Campo de Ourique



Desenhar em Campo de Ourique

Um regresso à cidade e bairro natal, para mais um encontro promovido pela Rosário Félix e a associação Campo Vivo: desenhar o mercado de campo de Ourique.


Lápis de cor

Em resposta ao desafio 85 USkP fiz um desenho "da minha janela" só com lápis de cor.
Gosto MUITO de usar lápis de cor mas confesso que me sinto melhor quando são acompanhados por uns riscos de caneta.

Desenhar Campo de Ourique - Mercado

Mais uma excelente organização da Rosário, do Campo Vivo e dos USKP.
Muita gente nova e "velha", neste encontro. Os trabalhos decorreram no interior do Mercado.

Uma das bancas de venda de frutas frescas e secas.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Fim-de-semana no Alentejo_parte VI

E Espanha é logo ali ao lado.
 
Os desenhos em "comitiva" têm de ser mais rápidos. Alguns deles a andar... A vida de um desenhador é difícil...
 
 



Carrousel

No passeio que fiz ontem em Cascais despertou-me a atenção o Carrousel do Jardim Visconde da Luz, que, mesmo em pleno inverno, continua a funcionar atraindo alguma criançada.

Estava-se bem na esplanada ao fundo do jardim e foi aí que fiz este sketch enquanto trincava uma tarte de amêndoa :-)


Fronteiras fronteiras fronteiras... Bulgária, Sérvia, Croácia, Eslovênia

Nunca pensei que fosse passar por isto dentro da 'união europeia'. Sair do autocarro no meio de temperaturas negativas, ficar numa fila interminável, mostrar passaporte, passar pela fronteira #1 voltar para o autocarro, atravessar 100 metros dentro do autocarro, voltar a sair e passar por todo o processo novamente. Ah, e claro. O pormenor do tráfico de cigarros... sem comentários.





Nantes, da janela "de casa".


1º desenho de 2018

Lisboa Oriental - chaminés


É impossível não reparar nas chaminés do antigo bairro operário na rua do Açúcar, Lisboa Oriental.

Teatro São Luiz

Sala Luís Miguel Cintra
Esferográfica BIC : Caneta de Feltro

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Fim-de-semana no Alentejo_V

Começar bem o ano. Passeio matinal e desenhos. Hoje o silêncio é ainda maior. A noite foi longa e festiva.
Eu continuo a surpreender-me com os recantos de Barrancos.
 




A caminho do cemitério