Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Agenda dos Sketchers - Dezembro 2017

Editorial

Novembro assistiu a um dos pontos altos das celebrações dos 10 anos dos Urban Sketchers - o Global 24 Hour Sketchwalk! E os sketchers Portugueses participaram com ânimo. A Agenda publica um artigo traduzido do Drawing Attention sobre o evento, com estatísticas para nerds e tudo! No Porto, o último 10x10 Portuguêschegou ao fim e o Marco fala da sua experiência como formador. A equipa dos desafios faz-nos uma proposta em que todos havemos de querer participar, e contam-nos, num artigo, a história da sua equipa e o que está por detrás do seu trabalho.
Bons desenhos e festas felizes!
A equipa da Agenda

AGENDA DOS SKETCHERS
Dezembro 2017

Prontos para mais um desafio? 
Pela Equipa dos Desafios
Todos os meses os sketchers são desafiados a desenhar um tema. É assim desde 2009, ano em que foi criado o blog, e em que os challenges eram propostos pelos colaboradores.
Com uma interrupção pelo caminho, voltaram ao activo em 2015 quando foi constituída a Associação dos Urban Sketchers Portugal. Criaram-se nessa altura diversas equipas de trabalho, incluindo a Equipa dos Desafios, formada por Manuela RolãoFilipe AlmeidaVitor Mingacho e Alexandra Belo. Numa reunião, no CCB, foram delineados os primeiros desafios, as regras de participação e a forma como eram lançados. Em vez do habitual desenho exemplo, escolhemos apresentar o desafio numa dupla página de caderno, usando, como complemento, a definição do dicionário. As novas regras também seriam apresentadas em formato caderno.
Mais tarde, com a reformulação da equipa, e a inclusão de Marilisa Mesquita, o e-mail tornou-se a forma mais prática de comunicar, debater ideias, distribuir tarefas e tomar decisões.
A Equipa dos Desafios não se resume a quatro elementos: gostamos de receber sugestões exteriores, pois procuramos que os nossos desafios sejam aliciantes, divertidos e participados!

Desenho de Vítor Mingacho

10 Years x 10 Classes Porto

Por Marco António Costa
Ter sido formador no evento 10x10 no grupo dos Urban Sketchers Portugal Norte, foi uma experiência que me permitiu partilhar algumas das minhas metodologias de desenho em cadernos e tornar desafiante, aos participantes, explorações plásticas que, à partida, não seriam comuns aos seus trabalhos.
Ao ser responsável por dois workshops, tentei criar dois momentos que se pudessem complementar. Muito embora cada workshop isolado, tivesse a sua autonomia, participar nos dois potenciaria o objetivo comum: conhecer estratégias de criatividade no desenho visando o efeito plástico original.
Sob os temas de “Embaraço e poder do grafismo”  e “Ruína e desastre como efeito plástico”, foram explorados métodos de desenho em que a imprevisibilidade à priori e à posteriori do desenho de observação, levasse cada participante ao desafio de tornar as variáveis e os imponderáveis resultantes do suporte, das materiais e ferramentas do desenho, em vantagens expressivas.
Do sucesso da iniciativa, os participantes o dirão.
Sketchwalk global no 10º aniversário dos USk
Por Pedro Loureiro
(Este artigo é uma versão abreviada do que foi publicado no Drawing Attention de Dezembro)
O mundo já viu 10 anos de urban sketchers! Sim, já passou uma década desde que Gabi Campanario abriu a conta Flickr que veio a ser a pedra de toque do movimento mundial. É um período muito curto, considerando o número incrível de grupos USk no mundo.
Assim, foi sem surpresas que o Sketchwalk mundial no 11 de Novembro resultou num sucesso tremendo, com 106 grupos – nem toods oficiais – inscritos. Todos os grupos tiveram um período de tempo em que as suas publicações, marcadas com #USkGlobal24hrSketchwalk foram republicadas na conta oficial dos Usk. Centenas de imagens de desenhadores desde a Nova Zelândia ao Havai chegaram à rede. Milhares de desenhadores também postaram individualmente, com o hashtag a contar perto de 3000 publicações.
O evento global não teria sdo possível sem a soberba equipa de voluntários que trabalharam incansávelmente desde a origem do sketchwalk até à sua conclusão, à medida que o sol descia novamente sobre o Oceano Pacífico. Os gestores das redes sociais – Eric Ngan, Minjoo Yoon, Jeanne Edwards, Bindi Nasasira, Don Gore e Liz Vargas - estavam encarregues por Noga Grosman de republicar os desenhos dos grupos inscritos.
“Foi um sucesso maior ainda do que imaginavamos!” exclamou Bindi, que juntamente com a Presidente dos Usk, Amber Sausen, organizou o evento. De acordo com Don Gore, os posts do encontro global podem ter chegado a quase 2 milhões de pessoas! “Pelos emails que recebo de pessoas que participaram, parece que todos estão impressionados pelo facto de fazerem parte de uma comunidade global tão grande”, conclui Bindi. É uma constatação que nos faz trabalhar por mais dez anos de bons desenhos!
Os Oeste Sketchers participaram no Sketchwalk Global com um encontro no Bombarral.
Entrevista a Paulo J. Mendes
Paulo é o associado nº 153 e desenha diariamente desde 2014, com os grupos USkPN e PoSk. As suas aguarelas são cheias de detalhes vivos e sombras intensas.
Há quanto tempo desenhas?
Desenho desde criança, entretinha-me assim boa parte do meu tempo. Enquanto estudante, os cadernos e os livros acabavam irremediavelmente riscados de uma ponta à outra. Profissionalmente, estive sempre mais ou menos directamente ligado ao desenho.
Há quanto tempo és USk?
Comecei a praticar diariamente em 2014. Primeiro dentro de muros, e aventurando-me no exterior já mais para o Outono desse ano. Desde então, não terão sido mais do que dois ou três os dias em que não desenhei em cadernos, e esses prefiro esquecer...
O que/quem mais inspira os teus desenhos?
A minha preferência tem ido sobretudo para o registo de lugares e nesse contexto tudo me inspira, tanto pode ser um altar barroco como uma cabine de alta tensão, uma floresta ou a minha sala: Onde quer que esteja, olho em redor e vejo composições e enquadramentos. Já o desenho de pessoas nunca tinha sido algo que me interessasse, mas verifico com grande prazer que ultimamente isso tem vindo a mudar, e antevejo muito divertimento para os próximos tempos.
O encontro USk mais marcante?
Todos o são, mas é inevitável mencionar o primeiro, em 2015: foi em Braga com os USkPN; Andava por perto e cheguei já na recta final, mas foi marcante porque me permitiu não só conhecer outros sketchers, alguns dos quais já acompanhava na blogosfera, mas também pelo acolhimento caloroso e inclusivo que se me deparou. Toda a minha iniciação e subsequente actividade tinham sido até aí um processo totalmente solitário e eu, inveterado bicho-do-mato, fui assim resgatado de uma vez por todas à minha propensão para me isolar.
Que materiais preferes usar?
Gosto de ter um caderno para cada tipo de registo e uso vários em simultâneo. Os mais correntes são um Laloran de 14x14cm, cujo papel acho excelente para o desenho aguarelado, e um Tiger de iguais dimensões para os apontamentos só a tinta. No primeiro, os riscos saem de uma trivial Uni-Ball preta, no segundo da trivialíssima Bic azul. Tento trazer comigo o mínimo possível de tralha para poder desenhar facilmente em qualquer situação. Não sou grande experimentalista, mas se me acontece tropeçar em algum novo material cujo efeito me agrada, incorporo-o na minha “dieta” sem qualquer problema.
Queres colaborar com a Agenda dos Sketchers?
Estamos sempre à procura de histórias de encontros e actividades dos urban sketchers em Portugal. Se gostavas de ver a tua história aqui, pergunta-nos como podes fazer, enviando um email para uskp.regionais@gmail.com.

ACONTECE EM DEZEMBRO

Exposições

06-12 | Lisboa | Ervas espontâneas na cidade | Quercus e USkP
Exposição resultante dos desenhos publicados no blogue USkP entre Maio e Junho, numa parceria entre a Quercus e os USkP. Inaugura no próximo dia 6 de Dezembro pelas 18h30, no Pólo Cultural, no Campo de Santa Clara.
De 09-11 a 05-12 | Porto | (a)Riscar o Património na Casa de Allen | DGPC e USkP
Numa parceria que já vêm desde 2014, A DGPC e os USkP mostram desenhos do (a)Riscar o Património dos anos anteriores. Uma exposição itenerante que continua na Casa de Allen no Porto
De 11-10 a 31-12 | Lisboa | Olhar ciências | Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
A exposição retrata aspectos do quotidiano da Faculdade de Ciências, através de suportes variados, da fotografia às aguarelas e aos desenhos dos urban sketchers.
De 01-04 a 30-04 | Castro Verde | Castro Verde em desenhos | Vários autores | Évora Sketchers e USk Beja
Uma iniciativa conjunta de dois grupos de urban sketchers para trazer os seus desenhos às ruas de Castro Verde, até Abril de 2018.

Encontros

02-12 | Porto | Faculdade de Arquitectura do Porto | Porto Sketchers
03-12 | Lisboa | Desenhar por desenhar | USkP
10-12 | Lisboa | Clube Militar Naval | Foto&Sketchers 2''

Formação

02-12 | Idanha-a-Nova | Rural sketching | Eduardo Salavisa | Arte das Musas
09-12 | Lisboa | Alfabeto Lisboeta: nos limites | José Louro | Cemitério de Benfica
09-12 | Lisboa | Lisboa à noite | Pedro Alves e Pedro Loureiro | Portas do Sol
16-12 | Lisboa | Alfabeto Lisboeta: nos limites | Ketta Linhares | Casa do Artista

Desafio 84 - Família

Excepcionalmente, podem participar com os vossos desenhos até 28 de Dezembro, marcando o post com a etiqueta "Desafio84". Por favor, consultem as regras de participação.

Desafio 83 - Zapping

O desenho mais comentado no desafio do mês de Novembro é da autoria da Rosário, que passou por todos os canais à velocidade da aguarela.
Copyright © 2017 Urban Sketchers Portugal, Todos os direitos reservados

Sem comentários: