Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Cúpula em perspectiva esférica

A cúpula da Reading Room do British Museum em perspectiva esférica total. O truque está em saber desenhar a forma das linhas de elevação angular constante (como aquela que está isolada no lado esquerdo)


5 comentários:

Maria Leonor Janeiro disse...

Fantastico, já não via um desenho destes ha mais de quatro décadas .Acho que já não sei fazer pois a informática faz praticamente tudo!
Leonor Janeiro

António Araújo disse...

Eu gosto muito de computadores, de vez em quando temos que mostrar-lhes como se faz ;). Para os circuitos não ficarem com a mania. :D :D

Henrique Vogado disse...

Está fantástico! São desenhos que pensamos que só em digital se conseguem, mas é possível com cálculo manual.

António Araújo disse...

Só régua e compasso :)
Abraço
A.

Mário Linhares disse...

Caramba!