Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

MÚSICA



No final do ano passado num dos meus passeios por Lisboa, deparei-me com estes músicos junto à Brasileira.

6 comentários:

hfm disse...

Gosto deste traço.

João Santos disse...

Há sempre uma sensação de fluidez no teu traço, algo de effortless que aprecio muito. Ah e gosto também daqueles que ficam a meio e ficam bem assim, como o último.

André Duarte Baptista disse...

parece simples, mas não é. gosto bastante da ta capacidade de síntese, sobretudo dos traços "inacabados"

Filipe Pinto disse...

Linha à solta ... muito bom.

Celeste Vaz Ferreira disse...

Pois é, esta linha é fantástica!

Marcelo de Deus disse...

Lindo