Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 22 de janeiro de 2017

Felini, o modelo de 4 patas



Há tempos um gatinho bateu-nos à porta, adotou-nos. Desde então que nos dá algumas dores de cabeça... inicialmente aparecia ferido e magoado até que um dia além de trazer uma perna partida chegou a casa em muito mau estado. Depois de muitas aventuras tornou-se mais pacato e atualmente parece uma bola molengona. Não foi fácil desenhá-lo porque quando pensava que estava quieto...haaa, mudava de posição. Fui esperando, pacientemente, que adotasse a pose anterior.


 (Grafite e lápis de cor)                                                                                                                                                                                        |«in situ»|

Ano Novo Chinês

Hoje fomos até ao Martim Moniz juntar-nos às festividades do Ano Novo Chinês.
Almoçamos um Kebab na Almirante Reis no AL KEBAB. Intrigou-me uma frase que dizia "Comida Halal". Quando cheguei a casa fui pesquisar. Quando existe esta nota significa que os muçulmanos a podem comer. Comida Halal é a comida permitida pelo Alcorão.
O Martim Moniz estava bem composto com muita festa, muita gente, muito movimento. Fomos buscar um café ao "El Cartel" e sentamos-nos na esplanada a desenhar. Achei piada ao nome e ao senhor  que nos serviu o café que parecia ter saído de um filme colombiano.
Mas ainda estávamos longe. Quando chegámos mais perto do palco reconhecemos uma menina menina que estava a dançar. A Andreia é filha dos senhores de um restaurante onde costumo ir e foi colega de escola da minha filha. O mundo é pequeno.
Desenhar o palco foi-se tornando cada vez mais complicado pois havia sempre alguém que se colocava à nossa frente.
Fomos ver o que se passava nas tendas . Chamou-me a atenção este rapaz vestido de preto. Chapéu, blusa, cachecol, casaco, tudo preto. Estava a desenhar o nome das pessoas em chinês. Mostrou-se muito interessado pelo desenho e pediu para ver. Disse que gostava muito de desenho e que estudava na faculdade de Belas Artes. Yi Zhou desenha muito bem.




Obrigada Karina


Foi um prazer participar no workshop da Karina Kurshnir. Aprendeu-se a olhar o mundo à nossa volta com outra forma de observar... agora só é preciso praticar!

Estação da Lousã

Um desenho rápido (a fazer futuramente com calma) de uma estação sem linha. Uma estação com uns painéis magníficos (protegidos) aguardando a volta do comboio a esta linha que liga a Lousã a Coimbra.
Desenho a caneta bic pintado a aguarela em caderno quadrado tiger



Desafio 74, Miki



          Que dizer mais?

Martim Moniz: o Ano Novo Chinês





Caras de poucos amigos







Urban Sketchers na Casa-Atelier Vieira da Silva

À semelhança do que acontece desde 2015, e também a decorrer durante o ano de 2016, os Urbansketchers juntam-se à Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva, CASA-ATELIER, e desenham o FUTURO, junto ao Bairro das Amoreiras (ruas, monumentos históricos, Museu, comércio e moradores).

Esta iniciativa traduz-se numa OFICINA DE DESENHO EM DIÁRIO GRÁFICO, com periodicidade mensal e formação por um Urbansketcher convidado, de nacionalidad...e Portuguesa ou Internacional, de origem ou residentes em país Ibérico ou da América Latina, que irão partilhar com os cidadãos de Lisboa, entusiastas ou interessados pelo desenho neste tipo de suporte, a sua experiência pessoal e profissional, e em diversas actividades, ao longo de um fim-de-semana.

Ontem foi o primeiro workshop com a Karina Kuschnir.

quinta da fidalga


Lisboa de Roque Gameiro

 


yin yang versão gato



Lanterna de papel , Novo Ano Chinês

Eu e a Fefa fomos desenhar alguns galos que fazem parte do acervo do Museu do Oriente.
Aqui está uma lanterna de papel em forma de galo.
O Novo  Ano Chinês do Galo é dia 28 mas as comemorações começaram ontem.
Leonor Janeiro

Cais


sábado, 21 de janeiro de 2017

Roque Gameiroooooooo!!!!!!!!!

Capela de Nossa Senhora de Monserrate, espalmada entre os arcos do Aqueduto das Águas Livres no Jardim das Amoreiras. Uma vergonha indesculpável, já que foi a minha única contribuição para este desafio do Roque Gameiro, lançado pelo Pedro Cabral, e já fora do prazo.
Como penitência, vai ser arrancado do meu caderno, que o vou oferecer de presente amanhã...




MOVENPICK HOTEL


Dois desenhos do Movenpick Hotel em Jeddah, feitos com poucas horas de intervalo mas em anos diferentes.

Desenhar Campo de Ourique


sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O gato da Cila

Gosto de participar nos desafios pois é uma oportunidade de desenhar temas diferentes.
Como não tenho gatos ou outros animais em casa, fui a visitar da minha amiga Cila para desenhar o gato dela, o Gordo. Ficou sozinho à algum tempo pois a companheira Pompeia morreu. Mas,apesar dos seus 17 anos e da perca da Pompeia, continua a ser irreverente e a ir beber água ao lava-loiça com um ar de quem sabe que está a fazer mal.
Leonor Janeiro

CAFÉ ÁRABE

Uma das coisas de que tenho mais saudades quando estou na Arábia Saudita é de um bom café. Mesmo nos locais com um aspeto mais "ocidental", o café não tem o mesmo sabor.

Por terras de Deu-La-Deu, ou seja Monção

Rua Conselheiro Adriano Machado

A emblemática estação de comboios de Monção, que por estes dias serve apenas para ser desenhada e como armazém da COCA.  Atenção que eu disse da Coca e não de  Coca. Para saber mais sobre esta tradição que ocorre no dia do Corpo de Deus, podem espreitar aqui  https://www.youtube.com/watch?v=lQwhIg2u6BE ...a ver se este ano vou lá desenhar a festa.